X
X
 





















 

Conheça o Programa+
 
Programa Atmosfera
 

Atmosfera é um programa socioambiental que permite a neutralização e a compensação de emissões de gases do efeito estufa (GEE), sobretudo, o dióxido de carbono (CO2). . Existem seis principais, regulados pelo Protocolo de Quioto: o dióxido de carbono ou gás carbônico (CO2), o óxido nitroso (N2O), o metano (CH4), os hidrofluorocarbonetos (HFC), os perfluorocarbonetos (PFC) e o hexafluoreto de enxofre (SF6).

Toda e qualquer atividade antrópica gera a emissão de gases do efeito estufa, o que tem levado ao desequilíbrio das condições climáticas da Terra, comumente chamado de aquecimento global. Estas ações - ou pelo menos, parte delas -, podem e devem ser neutralizadas por pessoas físicas ou jurídicas, por meio do plantio de árvores nativas brasileiras, identificadas por georreferenciamento e monitoradas ao longo de seu desenvolvimento para que sua contribuição na mitigação dos gases de efeito estufa apresente a transparência e credibilidade que devem ser inerentes à proposta.

Atualmente, empresas que atuam de forma planejada visando promover o desenvolvimento sustentável, têm se destacado. É fato que as maiores corporações do planeta têm investido em ações e programas de responsabilidade socioambiental. Ser uma empresa socialmente responsável – pode orientar uma decisão de investimento (acionista), de compra (distribuidor) ou de consumo final (cidadãos). Destarte, os benefícios podem ser observados nas seguintes situações internas e externas das organizações, entre eles: valorização da imagem institucional e da marca; reconhecimento e maior fidelidade do consumidor; aumento da motivação dos colaboradores; atração e retenção de talentos; flexibilidade e capacidade de adaptação; diminuição de conflitos; maior longevidade; acesso a capitais e mercados.

Em consonância com esta demanda, nos últimos anos o Pick-upau tem desenvolvido vários projetos ambientais de neutralização de emissões de GEE, atendendo a empresas e pessoas físicas com a nova visão de seu papel na sociedade. Saiba mais: www.atmosfera.org.br

Qual o objetivo do Projeto?
Através do plantio de árvores nativas brasileiras, neutralizar a emissão de gases do efeito estufa (GEE), sobretudo, o CO2. Este é o gás que mais contribui para o aquecimento da temperatura no Planeta, uma vez que representa 55% do total das emissões mundiais de gases do efeito estufa. Além disso, seu tempo de permanência na atmosfera é de, no mínimo, 100 anos.

Quem pode participar?
Pessoas físicas e jurídicas, incluindo órgãos públicos de todas as esferas.

O que pode ser neutralizado?
Gases de efeito estufa (GEE) emitidos em atividades humanas diretas: consumo de energia elétrica, água, combustíveis fósseis entre outros, bem como a geração de dejetos (esgoto). Também podem ser neutralizados os (GEE) emitidos na fabricação de um determinado produto, a prestação de todo tipo de serviços, processos de vendas, funcionamento de instalações industriais, escritórios ou núcleos operacionais. E, principalmente, a neutralização de dióxido de carbono emitido em viagens ou na locomoção de executivos e funcionários (veículos terrestres e aéreos), canais de distribuição, atividades de comunicação, promoção e eventos, próprios ou patrocinados.

O que é mudança climática?
Mudança climática é o fenômeno consequência da emissão de poluentes intensificadores do efeito estufa, no qual os gases atmosféricos propiciam um aquecimento maior da Terra ao não permitirem que o calor absorvido da irradiação solar escape para o espaço. Dentre os gases responsáveis estão o vapor de água, dióxido de carbono, metano, ozônio e os halocarbonos, sendo que os quatro últimos tiveram suas concentrações acrescidas pela ação antrópica nos últimos 300 anos.

O que é neutralização de gases de efeito estufa?
É uma estratégia de compensar a emissão desses gases produzidos por processos industriais ou individuais, como utilizar veículos automotores, transporte aéreo ou consumir energia elétrica, com o plantio de árvores. É sabido que espécies vegetais consomem o CO2 da atmosfera durante a fotossíntese.

Por que é importante a neutralização?
Desde a Revolução Industrial, no século XVIII, o clima no planeta tem se alterado principalmente pelo aumento desenfreado dos níveis de emissão de gases do efeito estufa. A maior concentração destes gases na atmosfera é apontada como responsável pelo rompimento da camada de ozônio (camada de gás, situada entre 30 e 40 km de altura que atua como um ‘escudo’, filtrando os raios ultravioleta emitidos pelo sol. Gases nitrogenados emitidos por aviões e automóveis, assim como o CFC (clorofluorcarbono) têm efeito destrutivo sobre a camada de ozônio.
De acordo com as pesquisas os efeitos do aquecimento global podem ser observados, tais como o derretimento das geleiras, o aumento do nível global dos oceanos, a incidência de estações prolongadas de chuvas ou secas, a maior probabilidade de disseminação de endemias e pandemias e a morte de organismos terrestres e marinhos (com perda da biodiversidade).

De que maneira pode ser neutralizado o CO2 produzido?
A partir de uma análise diagnóstica, um inventário de emissões, é calculada a quantidade de CO2 emitida por indivíduos ou organizações, e determinado o número de árvores a serem plantadas (como uma compensação), levando em consideração seu ciclo médio de vida.

Como a neutralização pode ajudar o meio ambiente?
Além da compensação ambiental do CO2 produzido por atividades humanas, esta atitude também permite uma avaliação dos processos, estimulando indivíduos e empresas a se responsabilizarem por parte das mudanças climáticas. Foi observado que, quando há o compromisso de neutralização do CO2 emitido, existe uma maior preocupação em diminuir essas emissões. A partir daí, deverá haver uma mudança de atitude nas ações de rotina de todos os envolvidos no processo de neutralização de GEE, como priorizar o transporte público, reduzir o consumo de energia elétrica, água, papel, além da adesão à coleta seletiva de lixo, entre outras iniciativas. Desta forma, cada cidadão ou organização privada ou não pode fazer parte da solução por meio de uma ação bastante simples: o plantio de árvores e a recuperação da cobertura florestal.

http://www.mudasnativas.org.br/