X
X
 





















 

Atmosfera no Teatro+
 

Peça teatral é neutralizada pelo Atmosfera
Teatro Ruth Escobar recebe peça ecológica

O espetáculo teatral “As Aventuras de Peter Pan e Pinóquio Salvando a Natureza”, em cartaz no tradicional Teatro Ruth Escobar, em São Paulo, acaba de inovar. Além da criativa e divertida peça que trata de questões ambientais básicas, os produtores resolveram neutralizar todas as emissões de gases do efeito estufa emitidas pelo espetáculo, uma iniciativa pioneira na cidade.

Os produtores do espetáculo falaram com a redação do Portal Pick-upau, veja alguns trechos da entrevista.

Pergunta: Há quanto tempo a peça está em cartaz. Ela sempre esteve no Ruth Escobar?
Resposta: (Teka Barnabé) A peça está em cartaz há sete anos. E já passou por diversos teatros em São Paulo, mas atualmente está em cartaz no Ruth Escobar desde Abril de 2009.

Todos os personagens da peça são de Walt Disney, como foi feita esta escolha?
Resposta: (Kiko Jaess) Esses personagens fazem parte da minha infância, foram os heróis dos meus sonhos, assim com Monteiro Lobato, Jeca Tatu, mas não consegui mos os direitos autorais para este espetáculo.

Porque como tema principal o meio ambiente. Como surgiu essa preocupação com o planeta?
Resposta: (Kiko Jaess) Porque as pessoas têm que se conscientizar que estão destruindo o meio ambiente, vendo o mal que estão causando a natureza. Os nossos rios, lagos e córregos cristalinos, estão desaparecendo... Só restam 7% da Mata Atlântica, a devastação da Amazônia... Vi que se fizesse uma peça para crianças, talvez elas com sua força criativa e imaginação pudessem conversar com seus pais (alertariam) ajudariam de alguma forma a preservar a natureza. Essa preocupação não só aqui no nosso país, mas também no resto do mundo. Veja os meios de comunicação "as pautas" dos noticiários só se falam em destruição mostrando o mal que o homem esta causando a natureza.

Como surgiu a ideia de neutralizar as emissões de gases de efeito estufa gerados pela peça?
Resposta: (Teka Barnabé) Surgiu da necessidade de alertar as pessoas sobre a poluição atmosférica, não se pode mais respirar em São Paulo, muitas crianças estão enchendo os prontos-socorros tomando inalação com problemas respiratórios.

Divulgação
Cena da peça “As Aventuras de Peter Pan e Pinóquio Salvando a Natureza”.

Você Acredita que neutralizar peças teatrais e outros espetáculos será uma tendência daqui pra frente?
Resposta: (Teka Barnabé) Acredito que sim, ou deveria ser, pois é o tema mais discutido atualmente, e se não houver conscientização da população mundial daqui alguns anos não teremos mais terra ou alimentos, a destruição será total. Já existem filmes, documentários de TV que mostram como será nosso futuro se continuarmos a destruir a natureza.

Como está sendo a aceitação do público com o tema da peça. O que estão achando desta iniciativa de plantar árvores como forma de neutralizar o espetáculo?
Resposta: (Kiko Jaess) A aceitação do publico é total, a peça já esta em cartaz desde 2002, Eles acham que a iniciativa de plantar árvores é muito interessante.

O que levou a produção a escolher o “Atmosfera” para neutralizar as emissões de GEE do Espetáculo?
Resposta: (Teka Barnabé) Fizemos uma pesquisa de ONGs idôneas e ela [o Pick-upau] estava nesta relação. Conheci um pouco do trabalho que realizam e foi de interesse aos meus propósitos de vida e então percebi que poderia dar certo.

Você acredita que uma ação como essa agrega valor a uma peça teatral, é uma atitude consciente e ecologicamente correta ou o marketing faz mais a diferença?
Resposta: (Kiko Jaess) Nunca se pensou em marketing, o que poderia acontecer?! Alias o teatro nunca foi um grande negócio. Se ganha muito pouco ou quase nada. Às vezes mesmo estando em cartaz há tanto tempo, o que se recebe, mal da para pagar o elenco, técnicos e o aluguel do teatro. Às vezes nem isso. Se houvesse mais atenção das autoridades competentes "os fomentos" para teatro infantil o mesmo que dão ao teatro adulto as coisas seriam diferentes. Quase nunca temos patrocinadores, penso que a peça foi feita com uma atitude ecologicamente correta sim!

A peça fica em cartaz no Ruth Escobar até quando?
Resposta: (Teka Barnabé) Até 29 de novembro e depois disso estamos fechando datas para apresentações em empresas. O ano que vem entraremos em cartaz novamente e faremos projetos em escolas.

O espetáculo viajará por outras cidades?
Resposta: (Teka Barnabé) Temos alguns convites, mas estamos esperando ainda outros, porque a missão é levar alegria associada a mensagem da ecologia por onde passarmos.

Divulgação
Peça de teatro tem suas emissões de gases de efeito estufa neutralizadas.

Serviço:

O espetáculo que mistura personagens tradicionais das histórias infantis, com um assunto de extrema importância nos tempos atuais: Ecologia. Peter Pan e Pinóquio são convocados para uma reunião por Tarzan, o Rei das Selvas. Vários outros personagens de histórias infantis, como a Bela Adormecida e Branca de Neve também comparecem para receber uma alarmante notícia: A Natureza está sendo destruída, principalmente pelo Capitão Gancho, pela Bruxa e pelo Lobo Mau, que poluem os rios, destroem as florestas e matas, colocando em risco a vida dos animais e até mesmo dos próprios humanos.
Os produtores da peça falaram com a redação do Portal Pick-upau, veja a seguir trechos da entrevista.

Direção: Kiko Jaess. Elenco: Antônia Futuro (Bruxa), Carlos Gouveia (Peter Pan e Capitão Gancho), Julia Mariano (Branca de Neve), Thiago Catelani (Tarzan), Tadeu Pinheiro (Pinóquio e Lobo Mau), Monica Camillo (Bela Adormecida).

Sábados e domingos, às 17h40
Teatro Ruth Escobar - Sala Gil Vicente (317 lugares)
Rua dos Ingleses, 209 (Bela Vista)
Tel: (11) 3289-2358

Horário da bilheteria: 14h às 21h. Venda antecipada de ingressos: quinta a domingo. Aceita cheque e cartões de crédito (Mastercard, Diners e Rede Shop) Acesso e banheiro adaptado para pessoas com necessidades especiais. Estacionamento conveniado (serviço de Valet, na porta do teatro).

Ingressos: R$22,00 e R$12,00 (Crianças até 12 anos, Estudantes e Aposentados). Espetáculo com 50% de desconto para leitores do portal Sampa Online.

Ao assistir o espetáculo, você está participando de um projeto Socioambiental da ONG "Pick-upau". Adquirindo o ingresso, você planta uma muda de Palmito-Juçara (Euterpe edulis) em uma reserva ambiental habitada por índios guaranis, na Cidade de São Paulo, onde praticamente não existe mais esta espécie. Esta palmeira é uma das mais importantes da Mata Atlântica, pois, aves e mamíferos consomem o seu fruto e dispersam suas sementes e de outras espécies pela floresta, mantendo a biodiversidade de fauna e flora. Todo o processo deste plantio pode ser acompanhado por você através do site www.atmosfera.org.br, um projeto institucional, da Agência Ambiental Pick-upau.

Da Redação

http://www.mudasnativas.org.br/