X
X
 

Selo Atmosfera+

 
Certificação das neutralizações
 

Este selo foi desenvolvido para identificar os produtos e serviços que, com a chancela da Organização, estão neutralizando as emissões de gases do efeito estufa (GEE), como o CO2, de suas atividades (conforme a metodologia GHG Protocol). Todo o processo ocorre atrelado a projetos ambientais comprovados publicamente. Para receber e utilizar o selo é necessário atender as exigências do Programa Atmosfera.

- Selo Atmosfera: todos os veículos contabilizados no processo de neutralização recebem um Selo Atmosfera (adesivo), comprovando sua ação de neutralização de CO2, no período vigente, como forma de estimular outras pessoas e organizações a neutralizar suas emissões.

- Selo Green Atmosfera: as pessoas físicas e ou jurídicas podem adotar o Selo Green Atmosfera (comprovando a neutralização de GEE) em logomarcas, sites, embalagens, cartões de visitas, eventos, publicações internas etc., gerando em clientes, consumidores e público em geral a imagem de responsabilidade socioambiental.

- Certificado Atmosfera: pessoas físicas e ou jurídicas recebem um certificado comprovando sua responsabilidade ambiental através da neutralização e do plantio de árvores nativas, juntamente com um inventário detalhado, desde a contabilização de emissões até o referido plantio, devidamente registrado em fotos e coordenadas geográficas (GPS). O certificado recebe a chancela do Programa Atmosfera, bem como dos profissionais responsáveis pelo processo de neutralização.

O que significa gases de efeito estufa (GEE)?
Efeito estufa e aquecimento global são termos relacionados, mas não são sinônimos nem deveriam ser confundidos entre si. Todos os planetas do sistema solar que possuem atmosfera sofrem do efeito estufa. O Efeito Estufa é a forma que a Terra tem para manter sua temperatura constante. A atmosfera é altamente transparente à luz solar, porém, cerca de 35% da radiação que recebemos vai ser refletida de novo para o espaço, ficando os outros 65% retidos na Terra. Na composição química da atmosfera, a concentração de CO2 tem papel decisivo na intensidade do efeito estufa, acentuando o aquecimento proporcional à sua concentração. Mas o CO2 não é o único GEE, também podemos citar o metano - CH4 e o óxido de nitrogênio - N2O. O que todos os gases-estufa têm em comum é que eles permitem a entrada de luz solar na atmosfera, mas absorvem parte da radiação infravermelha que deveria sair do planeta e com isso, o ar se aquece. O efeito conjunto de tais substâncias (GEE) pode vir a causar um aumento da temperatura global que altere a dinâmica do planeta e prejudique a vida. Algumas modificações já podem ser verificadas, como a elevação do nível dos oceanos, a maior frequência de incêndios em áreas florestais e as alterações nas correntes marítimas.

O Programa Atmosfera também aplica as exigências da Resolução 30, de 14 de maio de 2009 da Secretaria Estadual de Meio Ambiente de São Paulo, que orienta projetos voluntários de reflorestamento para compensação de emissões de gases de efeito estufa.

Veja alguns atributos do programa:
- Conservação da biodiversidade
- Ampliação de benefícios ambientais
- Transformação de conduta no setor privado e institucional
- Sensibilização ambiental da sociedade
- Mitigação das Mudanças climáticas
- Geração de renda para comunidades indígenas e tradicionais

Clique aqui e confira os projetos já realizados pelo Programa Atmosfera.

 

http://www.mudasnativas.org.br/